Scroll Top

Diário de um Estudante de Medicina

Dia da Minha Matrícula em Medicina na USP – Informações e Fotos FMUSP

O dia da matrícula foi um dos mais felizes da minha vida, perdeu apenas para o dia que vi meu nome na lista dos aprovados da fuvest!!! Como sempre posto sobre informações do Curso de Medicina e dicas para vestibulandos, criei o canal Diário de uma Estudante de Medicina aqui em meu blog. Vou compartilhar informações sobre o dia a dia de um estudante de Medicina, e começo hoje falando sobre a Matrícula na Casa de Arnaldo, como a FMUSP é conhecida por seus alunos…

Tirei a foto clássica do Busto do Dr Arnaldo, no fundo dá para ver a fila da matrícula (como cheguei cedo tinha pouca gente)

Eu estava super ansiosa para esse momento, a lista saiu dia 1 de fevereiro e a matrícula foi no dia 18… Parecia que os dias  que não passavam… A matrícula começava as 9 da manhã, mas eu cheguei lá uma hora antes, apesar do trânsito caótico de São Paulo, levei toda minha família – meus pais e minha irmã!!! Estava pensando que teria um super trote, que iam jogar tinta, sei lá. Mas foi super tranquilo…

Os veteranos que nos receberam falaram que não tem mais aquele temido trote, há uma campanha de apadrinhamento – em que os alunos do segundo ano, ou os mais velhos escolhem um calouro para ser seu afilhado, dando orientações, materiais, levando-o para conhecer a faculdade e o Porão (o subsolo da Faculdade, onde é o Centro de Vivência). Depois tem uma semana de Recepção dos Calouros, com palestras, almoços na atlética, festas etc, mas sem violência.

Eu fui a terceira da fila a fazer a matrícula, os veteranos vinham conversar sobre a FMUSP, acalmavam os pais ansiosos, explicavam mais sobre o curso, enfim, foram bem receptivos. Quando recebi meu cartão provisório de aluno fiquei muito emocionada, pois naquela hora eu realmente me tornava parte dessa Universidade tão incrível e começava minha caminhada de estudos para ser médica!!!

Enquanto eu estava la, me matriculando, meus pais, que me esperavam fora da sala, viram o professor Saldiva – que a gente conhece porque ele participa do Jornal da Cultura (um jornal muito bom que leva convidados que discutem sobre as noticias) – eles foram correndo falar com ele (tipo fãs), foi divertido ouvi-los contar da conversa – o professor ate os levou para sua sala e contou sobre a faculdade e sobre as aulas que ele vai dar….

Depois, quando reencontrei meus pais, um aluno do segundo ano nos levou para o Porão, onde tinha vários Stands das instituições da faculdade, como o Centro Acadêmico (CAOC), o Departamento Científico (DC), a Atlética (AAAOC), o Mad Alegria, o EMA (Extensão Médica Acadêmica) e outros. Lá, eu recebi vários folders sobre as atividades curriculares e extras que a Usp oferece, aproveitei para comprar meu Jaleco e várias camisetas =) Também ganhei uma agenda da faculdade e um livro com um pouco da história da FMUSP e seus alunos…

Foto do Porão FMUSP no dia da Matrícula

Gostei bastante das oportunidades que a instituição oferece, por enquanto já optei por algumas atividades como do EMA – os alunos fazem atendimentos médicos voluntários em ambulatórios e outros locais, e proporciona contato com pacientes desde o começo do curso (tudo supervisionado é claro) – e adorei o grupo do Mad Alegria – é um curso que prepara os alunos para serem palhaços de hospital e contadores de história, atuando como os Doutores da Alegria… Os grupos do Departamento Científico e da Revista são muito interessantes, assim que começar as aulas vou me informar melhor também!!

Outra coisa que me surpreendeu foi o Hospital das Clínicas (HC-FMUSP), são vários hospitais interligados, como o Incor, o Instituto da Criança e outros, formando o maior complexo hospitalar da América Latina. Não vejo a hora de estar estudando e estagiando nele…

Os livros e Folhetos que ganhei na Matrícula… (tinha muito mais, é que só escolhi alguns para fotografar)

Sou da Turma 101 de Medicina – essa é a foto de uma das muitas camisetas que comprei 🙂

Depois da Matrícula teve um Churrasco na Atlética para os calouros e pais, mas eu acabei não indo, lá o pessoal se conhece melhor, vê uma apresentação da Bateria da faculdade… enfim, pelo que soube foi bem legal!!

Em breve você terão outro capítulo do meu Diário… Quando começar a Semana de Recepção aos Calouros e depois as tão aguardadas Aulas!!

Assuntos do Artigo
  • busto fmusp

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas =) (7 Votos, Média: 5,00 out of 5)
Loading...

Artigos Relacionados à Dia da Minha Matrícula em Medicina na USP – Informações e Fotos FMUSP!

Sobre o autor | Website

Sou estudante do 4º ano de Medicina na Faculdade de Medicina da USP, blogueira desde 2012 quando fazia Cursinho pré-vestibular. Há poucos meses comecei o Vlog Mediários no You tube.

19 Comentários

  1. Felipinho disse:

    Parabéns Bianca…
    Vc fez cursinho em 2012?
    Qual Cursinho vc Fez?
    Se possível, relate sua trajetoria de vida, suas decepções, desafios e a fórmula q vc usou para chegar no topo (que é a FMUSP) kkk
    Fique com Deus!!

    • Bianca disse:

      Olá
      Bom, eu fiz cursinho em 2011 e 2012 no objetivo de alphaville… Na minha pagina do Sobre (logo no topo do site) eu contei detalhadamente minha trajetória e dificuldades… Mas posso destacar alguns momentos… Por exemplo eu vim de escola publica e tive grandes defasagens nos conteúdos de vestibulares, tive que me organizar e estudar meu máximo para dar conta do meu atraso e me preparar para um exame concorrido…
      Tive grandes decepções em muitos resultados, tinha vezes que eu não ia para a 2 fase por um ponto, ou ia mal na segunda fase…. Além disso tem aquele desanimo do segundo ano de cursinho, pq vc vê tudo de novo, tem aquela rotina pesada de estudos, mas o pior é a cobrança de pensar: tenho que passar nesse ano!

      Enfim, eu tive momentos de felicidade e amadurecimento, e momentos de tristeza e crises no cursinho… Felizmente eu persisti em meu sonho e dei o primeiro grande passo….Agora na faculdade há novos desafios e dificuldades, alguns tão grandes como as do vestibular… A vida é uma grande batalha, a cada dia temos que ir melhorando, aprendendo (e isso envolve se conhecer melhor, acredite, conhecer seus limites, prioridades e vocação).

      A faculdade de Medicina da Usp é realmente incrível, eu amo tudo aqui…Pena que nos primeiros anos a gente fica mais na cidade universitária, e meio distante do prédio sede, biblioteca oficial enfim… Mais todos aqui nos recebem muito bem, desde veteranos aos professores e funcionários… A sensação de ter passado numa universidade como a usp, para mim pelo menos, depois de tanto esforço é indescritível – um dever cumprido, um reconhecimento do meu potencial, orgulho, medo, grandes esperanças para o futuro… Muita coisa misturada kkk

  2. Rebbeca disse:

    Olá Bianca, eu comecei a ler o seu blog recentemente, eu gostei muito, mas confesso que fiquei com um pouco de vergonha de comentar aqui :S. Bom, em primeiro lugar, parabéns pelas suas conquistas, e queria que você soubesse que você me inspirou ainda mais a querer seguir essa profissão tão incrível. Assim como você, eu faço o ensino médio em uma escola pública federal e técnica, o curso que eu faço não tem nada a ver com saúde (faço edificações), a grande vantagem de estudar lá é a atenção que eles dão as ciências exatas, e eu creio que saber essas matérias dá um grande diferencial ao vestibulando. Meu grande problema, é que nos primeiros semestres nós não estudamos biologia, e como eu estudo de manhã, a tarde e também aos sábados, a minha rotina já é muito pesada e eu não teno tempo de fazer em cursinho específico pra biologia. Então eu gostaria que você me desse dicas de como estudar sozinha. 🙂 Eu também moro muito longe de SP, mas eu quero fazer medicina na USP. Qual é aproximadamente o custo para se manter aí? Ah, sim eu vi um post seu indicando livros sobre medicina e eu recomendo um muito bom chamado “A cidadela” do A. J. Cronin, que é um livro que relata a vida de um médico recém formado,e também as suas maiores dificuldades e superações. Enfim, obrigado pela atenção desde já 😉 Desculpe pela extensão do comentário :/

    • Bianca disse:

      Olá Rebbeca…
      bom na internet você encontra um vasto material de estudos para Biologia… Eu fiz um Post que dá mais dicas para estudar Biologia –
      Biologia – “Aulas com Temas de Vestibular, Videos, Dicas e Resumos” e “Provas de Biologia e Gabaritos – Como Estudar e Fazer Simulados em Casa” (Dê um lida nesses links)
      Mas a dica é você baixar um cronograma de conteúdos cobrados em exames de biologia, por exemplo vá no edital da Fuvest e veja o conteúdo cobrado em Biologia e daí vc vai seguindo um ordem e estudando…. Procure vídeo aulas e exercícios, veja porvas anteriores de vestibular (tente resolver e depois corrija pela resolução comentada de algums cursinho)…

      Sobre o custo de vida em São Paulo, eu sei que os aluguéis próximos à faculdade são meio caros, a dica é dividir um apto com mais alguém e rachar as despesas… Com transporte vc vai poder pagar meia, e os gastos não serão muito grandes… Há os Bandeijões – restaurantes universitários com refeições de R$ 1,90… tem hora que enjoa, mas é razoável….

      Espero ter ajudado, mas se tiver outra dúvida mande para cá 😉 Fique a vontade para comentar (agora eu só estou demorando um pouco mais para responder por conta da faculdade….)

  3. Larissa disse:

    Parabéns Bianca, grande foi suas lutas e desafios mas vc merece tds estas benções!!! td de bom =) hehehehe! posta mais ein!! bjus, fica com Deus.

  4. João Gabriel disse:

    Olá Bianca! Td bom? Gosto mtoo do seu blog, ele aumenta a minha ansiedade de virar um calouro em medicina…hahaa. Então, gostaria de saber com quantos anos vc passou na Usp. Pois o meu medo é passar em medicina com uma idade mt velha. Minha mãe acabou me repetindo na segunda série do fundamental de propósito e agora so terminarei o ensino médio com 19 anos, sim 19 anos.Por isso é muito frustrante a questão da idade para mim, não quero ser o mais velho da turma, eu sei que parece besteira, mas gostaria de perguntar com quantos anos vc passou ou normalmente se passa em medicina?

    • Bianca disse:

      Oi João… obrigada =)

      bom, eu passei nesse ano de 2013, tenho 20 anos … Sei como você se sente em relação à idade, mas isso não é um fator muito determinante não, tem algumas pessoas que passam com 17 18 anos, mas a maioria é da faixa dos 20 e poucos… tem vários estudantes que já até fizeram outros cursos e depois vieram para Medicina… Então meu conselho é não se preocupar Tanto com Isso….

  5. Palloma disse:

    Oi Bianca, eu sou apaixonada por medicina desde pequena, já gostei de outras profissões, entretanto meu amor pela medicina fala mais alto que tudo, estou prestes a terminar o ensino médio e decidir meu futuro, sou uma pessoa que gosta de estudar e estou me esforçando muito para alcançar meus objetivos, porém muitas pessoas me falam que é muito difícil para alguém como eu, que conhecem alguém que faz anos que tenta e não passa, me colocam muito pra baixo, conto com o apoio da minha mãe, do meu pai e do meu namorado que acreditam em mim, contudo posso dizer mais ninguém me acha capaz, sofro de ansiedade para piorar toda a situação. Queria muito me sentir segura e tentar realmente medicina, mas a cada dia parece que fica mais longe de alcançar. Gostaria muito que me respondesse, irei ficar feliz, beijos de alguém que lhe admira bastante!

    • Bianca disse:

      Olá Palloma, tudo bem?

      Eu entendo seus medos, é normal se sentir insegura quando se presta um vestibular tão concorrido quanto Medicina, a maioria das pessoas pensa que é impossível demais – é difícil, mas não impossível se você se preparar adequadamente e controlar um pouca a ansiedade. 

      Não tem uma fórmula, apenas se dedique, acredite no seu potencial… o apoio da família é realmente o mais importante, não ligue para as opiniões desanimadoras, tente usá-las como alerta de que tem que se dedicar, é dificil fazer isso, especialmente quando estamos sob pressão, estressados, mas faz parte do preparo para o vestibular – ter mais confiança e foco.

      Minha dica é que você se dê a chance de tentar, estude, faça cursinho, preste vários exames… ao longo desse tempo você vai refletindo sobre tudo e formará sua opinião 😉

      Espero ter ajudado de alguma forma, continue comentando no Blog 

      Boa sorte na sua luta!!

  6. Palloma disse:

    Oi Branca, sou eu novamente rsrs, dessa vez estou aqui pra falar que você me ajudou muito, hoje estou bem menos ansiosa e sei que posso conseguir tudo que desejo. Não sei mais o que te falar, apenas tenho palavras para dizer que a admiro muito, mesmo sem a conhecer pessoalmente e que sou grata por tirar um pouco de seu tempo para responder a cada um que fala com você sobre seus medos e dúvidas, muito obrigada, beijos.

  7. Palloma disse:

    Oi Bianca, sou eu novamente rsrs, dessa vez estou aqui pra falar que você me ajudou muito, hoje estou bem menos ansiosa e sei que posso conseguir tudo que desejo. Não sei mais o que te falar, apenas tenho palavras para dizer que a admiro muito, mesmo sem a conhecer pessoalmente e que sou grata por tirar um pouco de seu tempo para responder a cada um que fala com você sobre seus medos e dúvidas, muito obrigada, beijos.
    Me desculpe com o primeiro texto que postei é que o corretor “corrigiu” seu nome, ficando Branca.

  8. Allana disse:

     

    Oi!! Tudo bem? Eu quero muito uma opinião sua, porque estou super perdida aqui haha. Então, 2014 foi meu ano de término de ensino médio e de primeira tentativa para vestibulares de medicina. Sou de Curitiba e fui aprovada em algumas particulares daqui. Passei para a segunda fase da UFPR, mas não a realizei: decidi por fazer a primeira da Fuvest, que foi no mesmo dia. Não passei, infelizmente (faltaram três). Também não passei para a segunda fase da Vunesp (faltou uma), fiquei bem longe na da Unifesp, e minha nota do ENEM não foi suficiente para públicas de qualidade diferenciada. Já preparada (e até animada) para mais um ou mais anos de cursinho, surge uma chance de passar na Unicamp. Fiquei em 170, a segunda chamada já foi até 156; e, normalmente, a lista roda muito: é muito provável que nas chamadas finais eu consiga entrar (se é que esse ano as coisas não mudam haha). Mas a faculdade que eu desejo de coração é a Pinheiros. E, agora ("sofrendo" por antecipação haha), não sei o que vou fazer. Pergunto já meio antecipando algo que pode nem acontecer haha, porque é tudo um pouco emendado: ser chamado e fazer a matrícula (já quero estar decidida). Haha Que acha que devo fazer?!?!? Sei que a Unicamp é uma excelente universidade, mas ela não é a Pinheiros, não tem o HC, não tem o projeto Bandeira Científica, não tem o medEnsina, não tem… Hahaha Pelo que li até agora, o foco, inclusive, parece ser diferente, mais para pesquisa e tal (não que isso não seja legal, mas não sei se é bem a área que eu quero seguir). Imagina se desisto e fracasso de novo e entro num ciclo de fracassos e não consigo nunca passar? Haha (mas isso realmente passa várias vezes na minha cabeça) E também não sei se conta, mas os cursinhos daqui não são direcionados para os vestibulares de SP, então, muita coisa terei que fazer sozinha (problema disso: análises de livros literários) Haha Desculpe pelo texto enormee haha, e muito obrigada pela atenção. : ))))))

     

     

    • Bianca disse:

      Olá Allana,

      compreendo sua situação, é muito dificil escolher nessas horas… Eu passei por isso, tive que escolher entre fazer faculdade na UFF (do Rio de Janeiro) ou ficar no cursinho tentando alguma de São Paulo, fiquei com a segunda opção mais pelos meus pais haha e no final foi a melhor escolha, porque no segundo ano de cursinho estava bem mais preparada e experiente em provas.

      Meu conselhoÇ não se desespere, acabou de se formar e já atingiu resultados incríveis nos vestibulares do país! Se conseguir Unicamp, não é Pinheiros, mas é uma excelente universidade.. Mas isso é uma escolha que você deve fazer, se seu sonha é USP, melhor não desistir dele sem tentar mais 😉 É muito dificil alguem piorar nas provas, estudando mais e direcionado aos vestibulares que você quer é muito provavel que seu desempenho só melhore!! Eu também receava isso, mas aos poucos você vai aprendendo a ter mais confiança e segurança em si, no que sabe!

      Não sei se ajudei, mas qualquer coisa fale comigo.. Vou tentar responder mais rápido 

      Bjs

  9. Emanuel disse:

    Olá Bianca,
    Eu moro em Sertãozinho/Sp, próximo a USP de Ribeirão Preto e eu queria saber se nessa USP tem a faculdade de medicina ou se eu terei que me mudar para a capital.
    Parabéns pelo blog!
    Onrigado

  10. Camila disse:

    Oi Bianca. Tudo bem?

    Gostaria de parabenizá-la, seu blog e o Canal do Youtube Vlog Mediários são demais!!! Ajudam bastante, ainda mais quem possui várias dúvidas sobre a Faculdade de Medicina da Usp.

    Bom, a algum tempo venho ficando deprimida por conta da dificuldade que tenho passado para passar no vestibular de medicina, e sinto que o tempo esta passando rápido demais para mim, tenho 20 anos e ainda não tenho bagagem suficiente para passar no vestibular este ano, e me sinto VELHA, o cursinho que frequento tem pessoas mais novas e bem mais avançadas em relação a conteúdo do que eu. Você acha que é besteira se preocupar tanto assim com a questão da idade? Existem pessoas mais velhas na Faculdade de Medicina?

    • Bianca disse:

      Olá, Camila, tudo ótimo e você? 

      Muito obrigada pelos elogios ao Blog e ao Canal no Youtube, fico suepr feliz que esteja gostando do nosso trabalho =D

      Sobre sua dúvida: Eu compreendo e entendo que tenha essa “pressa” para passar, mas posso te garantir que se Medicina for seu sonho, todo o esforço e tempo dedicado vai valer a pena!! Na minha turma tem muitas pessoas com mais de 25 anos, que fizeram muitos anos de cursinho ou que fizeram uma faculdade antes e agora estão na Medicina!!! Se for por questão se achar que será a única mais velha quando passar, pode esquecer esse pensamento!!

      O que você precisa analisar ao investir esse tempo estudando para Medicina é: estudar esse curso é meu objetivo maior?, se for, valerá a pena o esforço; seria feliz fazendo outro curso, mesmo que na área da saúde? as vezes você pode se identificar com outras áreas, se não for o caso, fique firme na sua escolha inicial!!. A partir do momento que você escolher estudar e prestar esse curso concorrido, é importante que faça sempre auto-avaliações de como está sendo sua rotina de estudos, se perceber que não está aprendendo ou está com pouca concentração, tem que repensar o modo como estuda etc, e outra coisa que ajdua muito é ter um acompanhamento psicológico, vai te ajudar a pensar e refletir sobre sua vida e escolhas =)

      Espero ter te ajudado, desejo ótimos estudos e sucesso!!

      Grande abraço

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: