Scroll Top

Literatura e Arte

Extraordinário – Resenha do Livro de R.J. Palacio, Frases Marcantes

Finalmente estou de férias… e não podia deixar de atualizar o Blog, que confesso ficou um pouco abandonado nos últimos meses… Para retomar os posts, resolvi escrever algo sobre o livro que li nessa minha primeira semana de descanso, um livro doce e com muitas mensagens para a vida!! Sem dúvidas um livro especial e que vale a pena ser lido por todos – crianças, adolescentes, vestibulandos, estudantes de medicina, professores…

Superação de dificuldades pessoais, preconceitos, o valor da amizade e gentileza, importância de sorrir, exemplos de amor e força … essas são algumas das palavras chaves que aparecem em Extraordinário… 

Extraordinario-livro

O Livro Extraordinário (Wonder) é um retrato de vidas conectadas, vidas verossímeis em seus enfrentamentos e que nos conduzem a um processo de “auto conhecimento” porque a cada página você pensa: Será que eu agiria assim nessa situação? ou Com certeza eu escolheria esse caminho… Mesmo com uma linguagem simples na escrita, através das vozes de uma criança de 10 anos e seus amigos, o livro é tocante e profundo!

Resenha do Livro Extraordinário – R. J. Palacio

O livro nos conta a história de August Pullman, o Auggie, um menino que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Auggie passou por diversas cirurgias e nunca frequentou uma escola de verdade, sua mãe o ensinava em casa. Porém, seus pais decidem que é hora de August ir para a escola, ele vai para o 5ª ano de uma renomada instituição…

August se sente um menino comum por dentro, gosta de brincar no parquinho, de jogar vídeo game, toma sorvete…porém diz “sei que as crianças comuns não fazem outras crianças comuns saírem correndo e gritando do parquinho”… Sua aparência parece um desafio para sua convivência, e além disso Auggie tem receios normais de um aluno novo em uma escola nova… Sua missão não será fácil: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino como todos os outros.

I won't describe what I look like. Whatever you're thinking, it's probably worse.

I won’t describe what I look like. Whatever you’re thinking, it’s probably worse.

“Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade – um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, Extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor.”

As primeiras passagens são narradas por Auggie e depois seguem alternadas entre os outros personagens envolvidos, como o amigo Jack Will contando sobre como conheceu August ou a irmã de A., Olivia, contando sobre as dificuldades que passou na vida, seu amor pela avó… Em cada capítulo todos revelam um pouco sobre como enfrentam diferentes situações: problemas familiares, preconceitos na escola, dilemas da adolescência, fatos engraçados da vida etc… e esses todos os relados são enriquecedores de alguma maneira!

Como eu já disse, a mensagem passada é inspiradora, é a de que podemos ser pessoas melhores – melhores colegas de classe, professores, pais, médicos… nos mostra que o que vemos na aparência de uma pessoa nem sempre traduz o seu caráter.

Frases Marcantes e Comentários sobre o Livro Extraordinário

Não julgue um menino pela cara

Não julgue um menino pela cara

“Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil” (W.W. Dyer)

“Não precisamos de olhos para amar. Apenas sentimos dentro de nós. É assim no céu. É só amor. E ninguém se esquece de quem se ama!” Esse trecho é uma resposta da mãe à Auggie quando questionada sobre a morte, sobre como que as pessoas se reconheceriam no céu…

Um dos professores de August passava a cada mês um preceito para seus alunos, para que eles refletissem sobre ele… O trecho abaixo é o comentário de Auggie sobre o preceito: “Seus feitos são seus monumentos”… Eu achei muito verdadeira essa passagem:

” As coisas que fazemos sobrevivem a nós. São como monumentos que as pessoas erguem em honra dos heróis depois que eles morrem. Como as pirâmides que os egípcios construíam para homenagear os faraós. Só que, em  vez de pedra, são feitas das lembranças que as pessoas têm de você. Por isso nossos feitos são nossos monumento. Construídos com memórias em vez de pedra.” 

Um trecho que eu achei muito bonito, bem lírico, foi a descrição que A. faz do céu no dia que foi para um acampamento com a escola:

” as nuvens eram cor-de-rosa. Parecia que alguém tinha pintado o céu com giz de cera e espalhado as cores com os dedos.”

Outras Frases:

” Não conseguíamos parar de rir. Tudo nos fazia cair na gargalhada. Estávamos com aquele humor em que basta alguém nos olhar para começarmos a rir.

“Eu me senti flutuando. Foi tão estranho! Como se o sol estivesse brilhando com toda a força, o vento soprando.”

“Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo!” (Preceito de August)

” Mas a melhor maneira de medir quanto vocês cresceram não é por centímetros, nem por quantas voltas conseguem dar a pista, ou mesmo por sua média de notas… a melhor medida é o que vocês fizeram com seu tempo, como escolheram passar os dias e quem cativaram… Essa é a melhor medida do sucesso”

“Se forem apenas um pouco mais gentis que o necessário, alguém, em algum lugar, algum dia, poderá reconhecer em vocês a face de Deus…ou seja qual for a representação politicamente correta de bondade em que acreditem…”

“A grandeza não está em ser forte, mas no uso correto da força… Grande é aquele cuja força conquista mais corações pela atração do próprio coração!” (H.W. Beecher)

Avaliação e Sobre a Autora

Brindes de uma Edição Especial do Livro Extraordinário

Brindes de uma Edição Especial do Livro Extraordinário

O livro Extraordinário foi avaliado em diversos sites de leitores (Skoob, Goodreaders) com uma média de 4,4 estrelas…

A autora, R.J. Palacio, atua no mercado editorial norte-americano há mais de duas décadas, atualmente com dupla função: designer gráfica durante o dia e escritora à noite. Mora em Nova York com o marido, os dois filhos e dois cachorros. Este é seu primeiro livro. Para difundir a mensagem de Extraordinário, a autora iniciou uma campanha antibullying no site www.choosekind.tumblr.com, da qual milhares de crianças já participaram

Assuntos do Artigo
  • frases do livro extraordinario
  • como ficou a familia com a chegada do August extraordinário livro
  • frases de extraordinário
  • frases do livro o extraordinário
  • frases extraordinario
  • frases marcantas com a palavra whatever

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas =) (1 Votos, Média: 5,00 out of 5)
Loading...

Artigos Relacionados à Extraordinário – Resenha do Livro de R.J. Palacio, Frases Marcantes!

Sobre o autor | Website

Sou estudante do 4º ano de Medicina na Faculdade de Medicina da USP, blogueira desde 2012 quando fazia Cursinho pré-vestibular. Há poucos meses comecei o Vlog Mediários no You tube.

2 Comentários

  1. Fabio disse:

    Bianca,

    Estou aqui escrevendo, novamente, para te falar o quanto eu te admiro; como aprecio seu blog e para fazer mais um comentário em dos seus sempre excelentes posts!

    Eu não conhecia o livro  “Extraordinário”, mas após ver a sua resenha aqui no ABCdaMedicina fiquei com muita vontade de lê-lo! A maneira como você resumiu um pouco da história e descreveu o tema sobre que se trata o livro me fez ficar muito interessado. E, após terminar a leitura do livro, posso dizer que, com certeza, não me decepcionei! Muito obrigado pela recomendação!

     

    Basicamente, concordo com tudo o que você falou aqui no seu post: “Extraordinário” é um livro com que leitores de todas as idades podem se identificar; há temas presentes no livro sobre os quais todos devemos refletir; o livro, à primeira vista simples, é bem profundo…

    Outra coisa que eu, particularmente, adorei em "Extraordinário" foram as referências culturais: Elas são muito verdadeiras, na minha opinião. Elas sempre são bem colocadas e funcionam dentro do contexto em que elas aparecem. E elas são muito variadas, o que me surpreendeu muito positivamente: Elas vão desde “Star Wars”, passando por músicas populares como “Space Oddity” até frases e citações variadas, como as que você citou e que o professor da escola utiliza como “Preceitos”.

    Em termos narrativos, eu achei o livro simplesmente incrível! A divisão em diferentes partes onde, em cada uma delas, a perspectiva de uma personagem diferente é abordada, sobre a qual você falou em sua resenha, é, de fato, muito cativante. Isso demonstra a habilidade da escritora R.J. Palacio em refletir a personalidade de cada personagem no modo que eles narram seus pontos de vistas sobre pontos em comum, compratilhados, do enredo.

    (Nesse sentido, o maior exemplo e a parte que se destaca para mim é a “Parte cinco – Justin”, onde a narrativa assume o ponto de vista do namorado da irmã mais velha de Auggie. O estilo narrativo adotado para representar Justin é totalmente diferente dos demais…É mais lírico e levitante, talvez. Além disso, não há letras maiúsculas quando Justin está narrando! Tudo isso converge para criar uma atmosfera própria, como se fosse um fluxo de consciência desse personagem em que podemos notar traços um tanto introspectivos.)

    Na minha opinião, essa forma multiperspectiva escolhida para contar a história foi muito correta, tendo em vista que, de certa forma, até ajuda corroborar uma das mensagens gerais que, ao meu ver, “Extraordinário” quer passar: Tudo tem mais de um lado e, por causa disso, sempre devemos tentar nos colocar no lugar do outro desprovidos de preconceitos.

     

    Resumindo, adorei o livro “Extraodinário”! Mais uma vez, agradeço mais essa dica de leitura sua, Bianca! Como eu já disse: Sou seu maior fã! Saiba que você pode contar com meu apoio sempre 😉 E lembre-se: continue postando! Nunca deixe de escrever, viu? 

    Fabio

     

    • Bianca disse:

      Fabio,

      Muito obrigada pelo comentário, fico imensamente feliz em saber que gostou tanto do livro 🙂 . Suas observações sobre a narrativa multiperspectiva foram brilhantes, concordo com tudo o que disse (o capítulo do Justin parece mesmo um fluxo de consciência; uma boa mensagem do livro é a do colocar-se no lugar do outro na tenttiva de compreender um ponto de vista diferente, e a questão das referências culturais que chamam a atenção pela diversidade e enriquecimento do texto…)

      Ah, preciso escrever mais, reconheço rsrs ainda mais sabendo que sou acompanhada por um fã tão especial como você!

       

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: