Estudante de Medicina

Medicina Unifesp l Entrevista com Aluno do 1º Ano l Recepção e Aulas

Pessoal, continuo aqui Entrevista com o calouro da Medicina Unifesp, Henrique Seiji. Hoje as perguntas são sobre a Recepção dele na Universidade Federal de São Paulo e como tem sido o seu Primeiro ano no Curso de Medicina. Se tiverem dúvidas ou comentários, mandem aqui no Blog.

Logo da Universidade Federal de SP

1) Seiji, você poderia contar um pouco sobre como é estruturado o Currículo da Unifesp? Como é o método de ensino de Medicina?

Atualmente a faculdade utiliza o currículo tradicional de medicina. Os dois primeiros anos são o ciclo básico, os dois seguintes são o ciclo profissionalizante e os dois últimos são o internato. O método de ensino também é a tradicional, ou seja, a maioria das aulas teóricas são lecionadas por um professor para a sala.

2) Em relação a infraestrutura, há muitos laboratórios? Como são os hospitais associados à faculdade nos quais os alunos fazem seus estágios e atendem pacientes?

A estrutura da faculdade é boa, conta com uma grade quantidade laboratórios para aulas e para pesquisas. O laboratório de anatomia apresenta uma quantidade razoável de cadáveres e peças.

Os alunos realizam a maior parte dos estágios no Hospital São Paulo e em casas de especialidades espalhadas pelo bairro da Vila Clementino. No entanto, devido à crise do HSP, alguns estágios terão que ser remanejados para outros centros de saúde.

3) E em relação a atividades extra-curriculares? Quais são as oportunidades que os alunos da Escola Paulista de Medicina (Unifesp) possuem?

Há diversas atividades extra-curriculares na faculdade. Há os esportes na atlética, diversas ligas, projetos de extensão e oportunidades de iniciação científica. Além disso, há projetos de mentoria em que professores e alunos podem conversar e debater sobre vários assuntos que podem ter relação ou não com a graduação.

4) Como está sendo a adaptação à vida universitária? Até esse momento, quais foram os pontos que te surpreenderam positivamente ou negativamente na faculdade?

Posso dizer que atualmente estou bem adaptado à faculdade, no entanto não foi um processo fácil. As aulas, o ambiente, o método de estudo são bem diferentes de colégio e cursinho.

Um ponto positivo que supreendeu foi a grande receptividade de vários veteranos. Fui muito bem recebido tanto no dia da matrícula quanto no decorrer do semestre. Um ponto negativo, mas que já haviam me avisado, foi o grande número de aulas com professores pouco didáticos.

Prédio do Campus de Medicina Unifesp

5) Quais foram as matérias que você mais e menos gostou de estudar até agora e por quê?

A matéria que eu mais gostei de estudar até agora foi neurofisiologia, porque há muito tempo me interesso pela área da neurociência. Eu acho fascinante como um conjunto de neurônios e outras células fazem parte de processos tão complexos como a aprendizagem e memorização.

A matéria que eu menos gostei de estudar até agora foi bioquímica. Até agora vi pouca aplicabilidade da matéria na medicina e os livros indicados pelos professores são muito densos e complexos.

6) Quais são suas expectativas para o futuro tanto em termos acadêmicos como na vida profissional?

Espero que nos próximos anos eu tenha mais contato com a área de pesquisa na faculdade. Além disso, espero poder ter uma aprendizagem holística e com uma visão multiprofissional e humana da medicina. 

7) Algum recado final para quem tem o sonho de uma aprovação em uma faculdade de medicina?

Apesar de ser difícil entrar em uma faculdade de medicina, não é impossível. Para quem se esforça e se dedica, trata-se apenas de uma questão tempo. Se medicina é seu sonho, lute por ele. Certamente haverá momentos de desânimo e cansaço. Nessas horas, descanse, retome o fôlego, pense em seu sonhe e volte aos estudos com ainda mais motivação.

Espero que tenham gostado da Entrevista!! Se tiverem dúvidas mandem aqui para tentarmos responder =) Grande abraço, queridos!!

Comente Via FaceBook

Comentários




| Website

Sou estudante do 4º ano de Medicina na Faculdade de Medicina da USP, blogueira desde 2012 quando fazia Cursinho pré-vestibular. Há poucos meses comecei o Vlog Mediários no You tube.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.