Scroll Top

Estudante de Medicina

Microbiota Humana Residente – Funções, Características, Biofilme

Um organismo saudável não é aquele isento de microorganismos, totalmente estéril como pode-se pensar. Naturalmente, os seres humanos saudáveis apresentam uma Microbiota residente que os coloniza (composta por majoritariamente por bactérias, e também por fungos, protozoários e vírus numa quantidade relativamente estável).

Confira um Resumo de Microbiologia sobre a Microbiota Natural do Corpo Humano (MNCH), aqui no ABC da Medicina…

 

microbiota

 

# Características: A Microbiota estabelece relações de mutualismo, comensalismo e parasitismo, podendo causar doenças em imunocomprometidos.

Logo após o nascimento, diversos tecidos são colonizados por bactérias – Através da passagem pelo canal do parto, por contato com trato respiratório e pele da mâe e pela Ingestão de alimentos. Algumas regiões do corpo devem se manter estéreis, sao elas o sangue, urina, líquor, liquido sinovial e tecidos profundos (como o Ósseo).

A aderência dos microrganismos às células hospedeiras depende de proteínas de membrana (Adesinas), ligadas a receptores. A população que coloniza pele e mucosas humanas, também chamada de "Flora", não é uniforme, varia com a idade, hábitos de higiene etc.

#Tipos

  • Microbiota residente – regularmente encontrados em uma área específica do corpo (como pele e muscosas). Caso seja removida é rapidamente reestabelecida.
  • Microbiota Transitória – habitam a pele e as membranas mucosas por período curto de tempo. Em geral não causam doenças, mas não se estabelecem permanentemente.

#Funções da Microbiota Humana Normal Residente: 

  • Auxilia na digestão; Sintetiza vitaminas; Degrada toxinas;
  • Contribui para a maturação e estimulo do sistema imunológico (complexo de histocompatibilidade)
  • Dificulta a colonização por microrganismos patogênicos, porque as bactérias residentes competem com as bactérias transientes por sítio de adesão e por nutrientes, além de muitas produzem ácidos e bactericidas.

Pode acarretar em Malefícios para a saúde humana quando os indivíduos da MHR caem no sangue (por lesão do epitélio intestinal, por exemplo); quando outros membros da microbiota são suprimidos, um membro que vivia em pequeno número pode aumenta causando doenças.

 

microbiota3

Microbiota da pele – Distribuída por toda a extensão da pele, sendo mais concentrada nas áreas úmidas como o períneo e as axilas. Usualmente associadas às glândulas sudoríparas e sebáceas.

Microbiota vagina – O pH vaginal se altera com a idade pela ação normal (estrogenios), com isso as bactérias colonizadoras mudam. Na infância e adolescência o ambiente é alcalino, na vida adulta é ácido e depois da menopausa tende à neutro.

Microbiota da uretra – A bexiga deve ser estéril, mas a uretra é colonizada por E coli e Proteus mirabilis, essas podem se multiplicar em algumas condições e causar infecções.

Microbiota conjuntiva – Apresenta poucas bactérias devido a presença da lisosina

Microbiota da Região Oral e Faringe – a saliva contém substâncias bactericidas. Mas o acúmulo de partículas de comida pode prover o nutriente necessário para o desenvolvimento de bactérias (envolvidas em doenças periodontais, endocadites e pneumonias por aspiração).

M. do Sistema digestivo – Esôfago: bactérias provenientes da saliva e dos alimentos; Estômago: Baixa contagem de bactérias devido à acidez do lúmen estomacal. Medicamentos que reduzem a acidez estomacal levam a um aumento da flora estomacal, incluindo muitos organismos normalmente presentes no intestino e fezes. Helicobacter pylori: bacilo gram- espiralada que coloniza o estômago de 30 – 50% da população. Quanto mais perto das fezes, maior a contagem de bactérias.

# O que é Biofilme?

 

biofilme

Trata-se de uma comunidade organizada, com cooperação mutua, de organismos. Composta essencialmente por microorganismos e por uma matriz polimérica por eles secretada, formando uma fina camada sobre uma superfície (viva ou não viva, como cateteres, tubos etc). A bactérias do Biofilme se comunicam por"quos um sensing", através de moléculas sinalizadoras.

Entre as vantagens da vida em Biofilme para os micróbios: Há maior concentração de carbono e nutrientes disponíveis; maior proteção e resistência a antimicrobianos e a formas de resistência do hospedeiro; há maior potencial de dispersão.

Um exemplo de Biofilme é a Placa bacteriana que se forma sobre os Dentes, quando não higienizados corretamente.

Assuntos do Artigo
  • microbiota transitória
  • microbiota residente
  • microbiota residente e transitória
  • microbiota
  • microbiota da pele
  • o que é microbiota residente
  • microbiota resistente

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas =) (1 Votos, Média: 5,00 out of 5)
Loading...

Artigos Relacionados à Microbiota Humana Residente – Funções, Características, Biofilme!

Sobre o autor | Website

Sou estudante do 4º ano de Medicina na Faculdade de Medicina da USP, blogueira desde 2012 quando fazia Cursinho pré-vestibular. Há poucos meses comecei o Vlog Mediários no You tube.

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: