Scroll Top

Estudante de Medicina

Tecido Conjuntivo Matriz Extracelular – Componentes, Colágeno e Fibras

Hoje vou comentar um pouco sobre o tecido conjuntivo que forma a Matriz Extracelular, explicando alguns de seus componentes e estruturas… Veja um resumo e fotos de cortes histológicos do Tecido Conjuntivo. Aproveite para tirar dúvidas ou comentar, aqui no ABC da Medicina, sobre o tema de Histologia, uma matéria básica da área de biológicas.

Nesse corte histológico, a camada abaixo da Epiderme é de Tecido Conjuntivo Frouxo; e a outra Conjuntivo Denso

Nesse corte histológico, a camada abaixo da Epiderme (E) é de Tecido Conjuntivo Frouxo (CF); e a outra Conjuntivo Denso (CD)

Entre as funções do tecido conjuntivo estão: suporte mecânico, vias para a migração celular, desenvolvimento embrionário, armazenamento de substancias. A maior parte dessas funções são desenvolvidas pela matriz extracelular. A Composição dessa Matriz é dada por: colágenos, elastina, proteoglicanas, hialuronas, glicoproteínas adesivas.

Colágenos – sintetizados pelos fibroblastos, classe proteica mais abundante no organismo e que possui uma grande variedade estrutural (tripla hélices, grande quantidade de glicínias e prolinas nas cadeias, associam-se formando “cabos”, feixes resistentes). Existem domínios para colágeno, nesses locais há estruturas que interagem com tais elementos, formando arranjos, geralmente insolúveis.

* fibrilares – resistência tênsil presentes em tendões, ossos, ligamentos, conjuntivo denso (menos matriz e mais células) arcabouço de cartilagens e corpo vítreo (na coragem com HE é acidófila).

* reticulares – presentes em nódulos linfáticos, endoneuro, músculo liso, baço, medula hematopoietica (em geral não é corado com HE, deve ser impregnado com prata).

As fibrilas colágenas são sintetizada de uma forma que dentro da célula são solúveis (envolve hidroxilações mediadas por vitamina C, adição de grupos polissacarídeos empacotamento em vesículas do pró-colágeno no golgi), ao ser secretadas sofrem modificações (há a clivagem dos peptídeos sinais, formando tropocolágenos os quais interagem entre si, gerando feixes por interações de van der waals, condensação, enovelamento).

Há ainda os seguintes tipos de Colágenos, segundo suas funções no tecido Conjuntivo:

* colágenos formadores de lâminas – presente em lamina basal, abaixo de epitélios, em torno de células musculares e neurônios.

* colágenos conectores – ligações cruzadas ou ancoragem, mutações nos genes podem gerar Epidermólise bolbosa distrófica. (Identificáveis por partículas de anticorpos marcados por ouro).

Defeitos nos genes que codificam a síntese de colágeno podem levar a má formações e graves doenças, como: Cartilagem frágil, osteogenese imperfeita, cútis hiper-elástica ou síndrome de ehlers-danlos.

Fibras Elásticas – encontradas no conjuntivo da pele, paredes de artérias e pulmões, mas não esta amplamente distribuída pelo corpo. São formadas por fibrilina e elastina, sendo sintetizadas por fibroblastos em tecidos embrionários ou juvenis (pouca ou nenhuma renovação em adultos). Em sua estrutura apresenta alternância entre partes hidrofílicas e hidrofóbicas, isso promove a elasticidade e resiliência.

Na figura abaixo você poderá ver como essas fibras elásticas e as colágenas se organizam num tecido conjuntivo, juntamente com fibroblastos:

conjuntivo-fibras

Glicosaminoglicanos/mucopolissacarídeos – sintetizadas com modificações pós-traducionais já na matriz celular. Podem fazer diversas pontes de H, por conta de seus radicais OH, COOH e sulfatos, podendo armazenar muita água.

Proteoglicanos – são altamente hidrofílicas compostos por um eixo proteico e glicosinamidas; tem transparência, resistência, lubrificação e são um meio de difusão (por exemplo nas cartilagens).

Figura: Esquema do Tecido Epitelial separado do Conjuntivo por uma Lamina Basal

Figura: Esquema do Tecido Epitelial separado do Conjuntivo por uma Lâmina Basal

A Lâmina Basal sustenta todos os epitélios, células nervosas etc. Forma um arranjo bidimensional, sintetizado pelas própria células; a lâmina transmite força mecânica entre epitélios e o tecido conjuntivo, e entre epitélios e células musculares.

Os componentes celulares do Tecido conjuntivo são de Origem mesodérmica. Apresentam como funções: suporte, proteção, preenchimento, reparo/resposta imunológica, transporte, armazenamento de energia, íons etc. Os Tipos celulares principais são:

Imagem de Microscópio de luz, componentes celulares do Tecido Conjuntivo Matriz Extracelular

Imagem de Microscópio de luz, componentes celulares do Tecido Conjuntivo Matriz Extracelular

* Fibroblastos, síntese de matriz(pg gp e precursores de colágenos e elastinas) e de fatores de crescimento

* Macrófagos, fazem parte do sistema fagocitário mononuclear

* Mastócitos, participam e respostas imunológicas e inflamatória, secreta mediadores químicos (hispânica, leucócitos),

 

** O que você achou do Resumo sobre Tecido Conjuntivo e suas Características?? Deixe seus comentários ou sugestões para o Blog ABC da Medicina…

Assuntos do Artigo
  • tecido conjuntivo
  • figura lamina basal
  • tecido conjuntivo fotos
  • Extra celular imagens
  • fibras encontradas na matriz extracelular dos tecidos conjuntivos
  • fibroblastos lamina basal
  • figuras de tecido epetelial

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas =) Classifique Nosso Artigo de 1 à 5 Estrelas :)
Loading...

Artigos Relacionados à Tecido Conjuntivo Matriz Extracelular – Componentes, Colágeno e Fibras!

Sobre o autor | Website

Sou estudante do 4º ano de Medicina na Faculdade de Medicina da USP, blogueira desde 2012 quando fazia Cursinho pré-vestibular. Há poucos meses comecei o Vlog Mediários no You tube.

1 Comentário

  1. Alanne Rayssa disse:

    Ótimo resumo, ótimas figuras. Eu precisava relembrar esses conceitos, me ajudou muito. Obrigada.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: