Guimarães Rosa foi um grande mestre da inovação da linguagem literária, foi diplomata, escritor, sertanista, militar e médico. Um verdadeiro prodígio brasileiro que contribuiu muito para nossa cultura, escrevendo na época do Modernismo.

Em sua Obra relata a vida no Sertão, sob uma óptica mistica, reflexiva, e em muitos pontos com heranças de sua formação médica. Conheça mais sobre essa brilhante personalidade, veja sua trajetoria pela profissão da Medicina, suas Obras Literarias e Frases famosas…

guimaraes rosa autor e medico Guimarães Rosa   Médico que tornou se Escritor, Vida, Obra e Frases
Sim, fui médico, rebelde, soldado. Foram etapas importantes de minha vida, e, a rigor, esta sucessão constitui um paradoxo.  Como médico conheci o valor místico do sofrimento; como rebelde, o valor da consciência; como soldado, o valor da proximidade da morte… (J. G. Rosa)

Vida e Obra 

Nasceu em no dia 27 de junho de 1908, em Cordisburgo, Minas Gerais. Sempre foi encantado por estudar outras línguas, ainda pequeno iniciou-se sozinho no estudo de francês. Um frade ensinou-lhe o holandês e o ajudou a seguir o francês. 

Estudou na Faculdade de Medicina da Universidade de Minas Gerais (UFMG), formando-se em 1930 (mesmo ano em que se casou). 

Rosa passa a exercer a Medicina em várias cidades do interior mineiro, presenciando as dificuldades de se trabalhar em lugares que não ofereciam condições. Nesse período G.R. vivenciou com pessoas que sofriam e morriam de miséria, e acaba por abandonar essa profissão por não se adequar a ela.

Esmerou-se no estudo de línguas, incluindo o alemão, o russo e o japonês. Posteriormente, quando já escrevia literatura, ingressa na carreira diplomática e chega a morar no exterior. 

A característica peculiar da Obra de Guimarães Rosa é o uso de neologismos, ou seja, da criação de palavras ou da recriação delas. Dentre seus mais famosos livros estão: Saragana, Grande Sertão Veredas,Corpo de Baile, Tutaméia e Magma. 

Guimarães Rosa assume a cadeira na Academia Brasileira de Letras e toma posse três dias antes de morrer. No seu discurso de posse, diz: “…a gente morre é para provar que viveu.” O autor faleceu de um mal súbito, em 19 de novembro de 1967; tinha 59 anos. 

frase guimaraes rosa Guimarães Rosa   Médico que tornou se Escritor, Vida, Obra e Frases
Frase de Guimarães Rosa sobre o Ser Humano

Profissão: de Médico a Escritor, Livros e Temáticas

Pesquisando na internet encontrei um livro publicado pela UFMG chamado “O viés médico na Literatura de Guimarães Rosa” do doutor Eugênio Marcos Andrade Goulart, o titulo já indica o conteúdo da obra da qual extrai alguns trechos interessantes sobre o autor.

“Em sua viagem literária, G. Rosa amalgama saberes oriundos de diferentes modos de pensar: do homem simples, do teólogo, do filósofo, do poeta, do cientista, do político e, como bem nos demonstra o Eugênio, do médico. Unindo saberes, procedimentos e métodos de disciplinas usualmente distintas, numa espécie de associação livre psicanalítica, GR se torna um grande intérprete da aventura de viver: O sertão é do tamanho do mundo […] Sertão é isto, o senhor sabe: tudo incerto, tudo certo […] O sertão é sem lugar […] sertão é dentro da gente.”

O Livro destaca a “importância decisiva da experiência médica na construção do amálgama literário/existencial do autor. A experiência médica de G. Rosa foi curta, mas contundente. Sua convivência com o sofrimento de pacientes portadores de algumas doenças paradigmáticas de sua época (hanseníase, malária, tuberculose, varíola, ofidismo e algumas doenças psiquiátricas) teve uma imensa influência sobre seu pensamento e sua criação literária.”

Neste ponto há uma excelente reflexão sobre a vida profissional e vocação do Médico que além das bases teóricas e se funda muito na ação:

“Como leitor privilegiado da realidade, G. Rosa desvela um aspecto pouco discutido da Medicina: para a maioria, o núcleo da Medicina é o corpo de conhecimento teórico que a fundamenta, e são poucos os que percebem que, apesar dessa enorme e indispensável base teórica, o ato médico é, a exemplo do trabalho de um ator, um destilado puro de performance, na mais precisa e profunda acepção do termo: exercício de atuar, de desempenhar.”

Frases Famosas de Guimaraes Rosa

frase guimaraes rosa 2 e1344191616452 Guimarães Rosa   Médico que tornou se Escritor, Vida, Obra e Frases

Em vários de seus livros e contos esteve presente a figura do médico, além disso muitas doenças são retratadas com o olhar clinico de um médico, já por vezes sob uma visão mistica. Veja abaixo algumas frases conhecidas e comentários:

No livro Grande sertão: veredas, o personagem principal Riobaldo seria, em muitos aspectos, o próprio Guimarães Rosa, conforme  reconheceu o autor em algumas entrevistas. Como em todo ser humano, existe nele uma mistura de coragem e medo, de certezas e incertezas, de amor e ódio, e uma luta permanente do bem contra o mal. Em uma frase carregada de poesia, Riobaldo relembra uma crise passageira de depressão durante sua juventude, em um momento de conflito íntimo:

” Apertou em mim aquela tristeza, da pior de todas, que é a sem razão de motivo”

frase guimaraes rosa 3 Guimarães Rosa   Médico que tornou se Escritor, Vida, Obra e Frases
Frase de Guimarães Rosa sobre a Vida

Felicidade se acha é em horinhas de descuido.

Infelicidade é uma questão de prefixo.

O mundo é mágico.

As pessoas não morrem, ficam encantadas.

Inútil fugir, inútil resistir, inútil tudo

O medo é a extrema ignorância em momento muito agudo.

Qualquer amor já é um pouquinho de saúde, um descanso na loucura.

** O que achou do Post? Deixe seus comentários aqui no meu Blog ABC da Medicina